imagem x

RTO (Oxidador Térmico Regenerativo)

RTO (Regenerative Thermal Oxidizer)
Para que sejam cumpridas as exigências dos regulamentos atuais, os efluentes
gasosos que são produzidos em diversos processos de fabricação têm de ser
tratados antes de serem enviados para a atmosfera.
O efluente gasoso contaminado com COVs (Compostos Orgânicos Voláteis) é captado de diferentes pontos de emissão através de uma instalação de aspiração. Este sistema conduz o efluente gasoso até ao RTO onde ocorrem reacções de destruição de COVs através de processos de oxidação térmica.
O RTO é um dispositivo que promove reacções químicas exotérmicas entre o poluente e o oxigénio a elevadas temperaturas. O RTO permite o aumento da temperatura do efluente gasoso a 800ºC que na presença de O2 e um tempo de residência superior a 0,8s possibilita a remoção dos COV e a libertação de calor. A perda e acumulação de energia é feita ciclicamente, o que permite fornecer cerca de 95 % da energia necessária ao processo. O resto da energia necessária ao processo é obtida a partir da reacção de oxidação ou de um combustível extra.

Diagrama Básico

P&ID do queimador + circuito de controlo da temperatura

Esquema de funcionamento de um RTO